#AtualizaPorchat



Agora não pode mais nada? Não é verdade! É que o outro lado não aguenta mais! Diz – Eu quero é rir com você! E não ser humilhada por você'.


A fala de Fábio Porchat no Roda Viva (21/12) reflete nosso sentimento ao assistir a "Reponsável", vídeo publicado pelo Porta dos Fundosesta semana, que satiriza as pessoas acima de 50 anos em sua relação com filhos e a tecnologia.


O que nos incomoda não é o humor, certamente necessário para denunciar comportamentos, mas a forma desatualizada e desinformada deste retrato.


Como profissionais que atuam em longevidade, combatemos o idadismo para mudar a visão do velho na sociedade. Os estereótipos ligados a velhice são parte central de nossa luta. Iniciativas das pessoas e empresas que apoiam esse manifesto têm mudado a realidade retratada no vídeo.


Se respeitar a diversidade é ser atual, isso não muda quando o assunto é envelhecimento. A velhice é particular, individual e, portanto, heterogênea e tão diversa quanto tudo na vida.


No país, já são mais de 30 milhões com mais de 60 anos - e o número cresce a cada ano. Entre eles, 92% têm smartphone, 90% usam whatsapp, 87% usam Facebook, 71% consideram-se digitais.


Aqui vai nosso chamado como empresa, instituição, pessoas e comunidade profissional: #AtualizaPorchat!

1 comentário

Inscreva-se e receba novidades

é um prazer ter você com a gente!

  • Cinza ícone do YouTube
  • Grey Instagram Ícone
  • Twitter
  • Facebook
  • Linkedin

© 2013 by FazMuitoBem.

Faz Muito Bem - São Paulo - SP - linamenezes@fazmuitobem.com